fcb.portal.reset.password
Alexis Sánchez disputant una pilota. FOTO: FIFA.COM

Alexis Sánchez, numa disputa de bola com Luis Gustavo. FOTO: FIFA.COM

A Seleção Brasileira de Neymar Jr. derrotou o Chile de Alexis Sánchez por 2 a 1, na noite da última terça-feira, numa partida amistosa disputada em Toronto (Canadá). Apesar da grande expectativa criada pelo duelo entre dois craques do FC Barcelona em grande fase, nenhum deles balançou as redes adversárias.

O atacante Hulk abriu o placar para a equipe do técnico Luis Felipe Scolari no minuto 13. O chileno Vargas, que atua no Grêmio, empatou a partida no minuto 71. E, oito minutos depois, Robinho garantiu a vitória brasileira. O lateral culé, Daniel Alves, não jogou nenhum minuto nos dois amistosos disputados pelo Brasil. 

Com a vitória, o Brasil fecha o ano de 2013 com um bom retrospecto. A equipe comandada por Felipão jogou 19 partidas, das quais venceu 13, empatou quatro e perdeu apenas duas. Marcou 49 gols e sofreu 15 e conquistou de forma brilhante o título da Copa das Confederações. O atacante culé Neymar Jr. não poupou elogios ao time. "Estou feliz pelas duas vitórias, a equipe fechou o ano muito bem. Estão todos de parabéns. Agora é se concentrar nos clubes e no que vem, na Copa do Mundo", declarou à CBF TV.

Lesão de Valdés

No outro amistoso repleto de jogadores do Barcelona, a Seleção Espanhola foi derrotada pela África do Sul (1-0), no amistoso realizado no estádio Soccer City, em Johannesburgo, palco da final da última Copa do Mundo conquistada pelos espanhóis. Mas desta vez, a Seleção de Vicente del Bosque não vai levar boas lembranças do país africano.

Além da derrota, o goleiro do Barça, Víctor Valdés, saiu de campo lesionado e será baixa por um período estimado de seis semanas. O culés Pedro Rodríguez, Andrés Iniesta e Sergio Busquets foram titulares na partida. Marc Bartra, desta vez, não atuou nenhum minuto. 


Voltar ao início