fcb.portal.reset.password
Mascherano escuta a pergunta de um jornalista na sala de imprensa.

Mascherano, durante a coletiva desta terça-feira / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

Javier Mascherano é otimista com relação as chances de título do FC Barcelona na temporada. Apesar dos recentes resultados negativos na Liga Espanhola, o jogador argentino destacou que é muito cedo para enterrar a equipe. “Não pensem que estamos mortos. Esperem ao menos a nossa morte para isso”, declarou, lembrando que o Barça ainda está vivo nas três competições da temporada (Liga, Copa e Champions).

O zagueiro culé explicou que “a equipe não está desanimada” após a derrota do último sábado diante do Valladolid e assegurou que o elenco analisou os último tropeços com um ponto de vista diferente ao da imprensa. “Querem que acreditemos que tudo está perdido e isso não é assim. A partida contra o City é uma boa oportunidade para voltar a acreditar”.

Nesse contexto, Mascherano revelou que “o Barça tem uma vantagem e tentará tirar proveito disso. Buscaremos ser fiéis ao nosso estilo”. O zagueiro argentino também mostrou a sua opinião sobre qual é o caminho para voltar a ser fortes nesta reta final de temporada. “Mostrar a nossa melhor versão é o que nos dará a possibilidade de lutar por todos os títulos”.

Defesa de Tata Martino

Durante a coletiva, Mascherano fez questão de defender o técnico Tata Martino. “É um treinador que talvez não seja muito famoso para vocês (imprensa), mas que já leva 15 anos nessa profissão. Tudo o que ele já fez não foi presente de ninguém”, explicou. “Teve que sair da Argentina para ganhar respeito e conseguiu. Depois, voltou ali e passou a ser respeitado também. Por isso, não é certo que ele seja subestimado. Quando alguém começa a desprestigiar uma pessoa já é falta de respeito”, acrescentou

Voltar ao início