fcb.portal.reset.password
Martino, durante a coletiva

Martino, durante a coletiva / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

O técnico do Manchester City, Manuel Pellegrini afirmou na última segunda-feira que um dos objetivos da sua equipe será "conservar o estilo e a personalidade". Seu rival nesta eliminatória de Champions League, Gerardo Martino, também pensa que tudo se resume a essa questão. "O City tem um perfil de equipe parecido ao nosso, talvez um pouco mais direto, mas com jogadores que gostam de ter a posse de bola. É um jogo onde o controle será fundamental, a equipe que não tiver a bola sofrerá mais".

Neste sentido, vê como fundamental a necessidade de dominar a partida. "Manter a posse de bola nos beneficia e reduz as possibilidades do rival", declarou, reconhecendo também que o outro objetivo da equipe é marcar gols no Etihad Stadium. Tata Martino também analisou o Manchester City. "É uma equipe perigosa por dentro, por fora e nas bolas paradas. É o time com mais gols a favor na Premier League e isso mostra que são difíceis de ser controlados. Por isso a melhor maneira de combatê-los é ter a posse de bola". Manter a posse de bola nos beneficia e reduz as possibilidades do City

Martino também foi perguntado sobre a ausência de Kun Agüero, uma das principais estrelas do rival. "Como torcedor lamento a ausência dele, mas como técnico da equipe rival significa um problema a menos", respondeu. O treinador também não quis dar pistas sobre se o brasileiro Neymar Jr. será titular ou não. "O que mais queremos é vê-lo saudável. Não sabemos se ele começará jogando ou entrará no segundo tempo". 

Voltar ao início