fcb.portal.reset.password
Martino, durante a coletiva.

Martino, durante a coletiva. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

O FC Barcelona segue com sua disputa particular com o Atlético de Madrid pela liderança da Liga Espanhola. Neste domingo, a equipe culé terá a última partida do ano diante do Getafe. Segundo o técnico Tata Martino, é uma partida com uma grande relevância psicológica. "É importante acabar o ano não só como líder, mas também com uma atuação sólida. Seria muito importante no aspecto anímico", declartou na coletiva deste sábado, realizada na Cidade Esportiva Joan Gamper.

Semana agitada

Martino não quis comentar os temas conflitivos que certo setor da imprensa utilizou nesta semana para tentar desestabilizar o clube. "O que me preocupa é como joga o nosso time. Não costumo me distrair com assuntos que não afetam o lado esportivo. Como disse o goleiro Valdés, devemos ser sólidos por dentro e ignorar o que venha de fora". 

O treinador argentino só comentou as informações que surgiram sobre o seu futuro longe do Barça na próxima temporada. "Estou muito à vontade na cidade, no clube e gosto do jogo da equipe", explicou, utilizando sempre sua prudência e modéstia habitual. "O futuro é algo que não posso assegurar, porque cada três dias dependemos de um resultado e de um rendimento. Seguir como técnico do Barça depende da fazer as coisas bem feita". 

Estará com Messi na Argentina

Por outra parte, Tata Martino revelou que visitará Leo Messi nos próximos dias na Argentina, onde segue com a sua recuperação. "Depois do Natal estará treinando em Rosario e seguramente estarei um dia com ele. De todas as formas, estamos totalmente cientes do trabalho que está fazendo. Estará em perfeitas condições para se unir ao grupo no começo do ano", comentou. Com relação a renovação de Iniesta, Martino se felicitou porque, segundo ele, se trata de "um jogador franquícia". Já com relação ao Getafe, o técnico reconheceu que Xavi Hernández será baixa porque "era arriscado".


Voltar ao início