fcb.portal.reset.password
O golaço de Messi contra o Getafe.

O golaço de Messi contra o Getafe. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

No dia 18 de abril de 2007 Leo Messi marcou provavelmente o gol mais bonito da carreira. Foi justamente contra o Getafe em jogo válido pela ida das semifinais da Copa do Rei. O craque do Barça driblou quatro zagueiros rivais, o goleiro e marcou com um toque sutil com a perna direita. 

Quase sete anos após o gol que muita gente comparou ao de Maradona contra a Inglaterra, na Copa de 1986, o Barça volta a enfrentar a equipe madrilenha numa eliminatória da Copa do Rei. Desta vez, pelas oitavas-de-final da competição. Abaixo, você pode conferir alguns dados que ficaram daquela noite.

Quatro 'sobreviventes' no Barça e um no Getafe. Só quatro jogadores do atual elenco do Barça estavam presentes naquela partida. São eles: Puyol, Xavi, Iniesta e o próprio Messi. O goleiro Valdés também estava mas não atuou naquele jogo. Pelo lado do Getafe, o único remanescente é o zagueiro Alexis. 


Os técnicos. O treinador do Barça era Frank Rijkaard e o do Getafe, Bernd Schuster. O técnico alemão inclusive proporcionou algumas declarações polêmicas onde afirmava que os seus jogadores deveriam ter feito falta no argentino.


55 metros em 12 segundos. Durante o caminho, Messi teve tempo de driblar Paredes, Nacho, Alexis, Belenguer e Luis García (goleiro).


A ‘assistência'. Xavi Hernández foi quem deu o passe a Messi antes do gol antológico. Após a partida, o meia do Barça brincava dizendo que tinha dado o gol feito para o argentino. 


53.599 espectadores. Foi o público que presenciou ao vivo a obra de arte de Leo Messi.


A dedicatória. Numa entrevista à Barça TV, Messi dedicou o gol à Diego Armando Maradona, uma das suas referências no futebol.


Voltar ao início