fcb.portal.reset.password

Messi, Raúl e Alcántara.

O fenômeno Leo Messi não dá descanso para a história. Com apenas 26 anos, está próximo de pulverizar mais dois recordes históricos do futebol europeu. O argentino voltou a marcar contra o Manchester City, na última quarta-feira, pelas oitavas-de-final da Champions League e já soma 17 gols em 18 partidas nesta fase da competição. Agora, o gênio do futebol mundial tem dois novos objetivos: Paulino Alcántara e Raúl González.  

Com o gol contra o City no Camp Nou, Messi chegou aos 368 com o Barça e está a somente um de igualar a marca de Paulino Alcántara como o maior artilheiro da história do clube. Há dois anos, o argentino já tinha superado César Rodríguez como o maior goleador do FC Barcelona em jogos oficiais.

Paulino Alcántara, nasceu nas Filipinas e marcou 369 gols em 357 jogos disputados como culé entre 1912 e 1927. Era conhecido como 'o destruidor de redes' e normalmente jogava com um lenço branco pendurado no calção. Como naquela época ainda não existiam algumas competições, como a Liga Espanhola por exemplo, grande parte dos gols de Alcántara foram em jogos não-oficiais ou amistosos. 

O Recorde da Champions

Messi também está próximo de superar a marca de Raúl González como o maior goleador da história Champions League. O atacante do Barça chegou aos 66 gols na última quarta-feira e se enconta a somente quatro da marca do ex-jogador espanhol, que acumula 71 gols desde 1995. Essa é a 10ª participação de Leo Messi na Liga dos Campeões e foi artilheiro em quatro delas: 2009, 2010, 2011 e 2012. Na atual edição, já soma 8 gols em 5 jogos. 

Admirado em todo o mundo

O talento incomparável dentro de campo e a maneira discreta e simples de levar a vida fora dos gramados, transformaram o gênio argentino num ídolo de todo o planeta. O craque é admirado e reverenciado em todas as cidades do mundo por onde passa, como você pode comprovar no vídeo do programa de televisão 'Mundo Leo'. Torcedores do Barça, da Seleção Argentina e até dos rivais se rendem a este fenômeno mundial. 

 


Voltar ao início