fcb.portal.reset.password
O ex-jogador brasileiro Evaristo de Macedo, em 2007, no Camp Nou. FOTO: ARXIU FCB

Evaristo de Macedo, em 2007, no Camp Nou. FOTO: ARXIU FCB.

A poucos dias do início da Copa do Mundo do Brasil, muitos dos astros do FC Barcelona já estão concentrados com as suas seleções, como fizeram seus antecessores culés ao longo da história dos mundiais. Mesmo assim, muitos jogadores importantes do Barça encerraram suas carreiras sem poder dizer que estiveram no maior evento futebolístico.

Um dos maiores goleadores da história azul-grená, Josep Samitier (1919-1932), não pôde disputar a única Copa disputada antes de pendurar as chuteiras, pois a Espanha alegou falta de recursos para viajar ao Uruguai em 1930. E ele não foi o único, já que outros dois destaques do clube daquela época, o meia Vicenç Piera (1920-1933) e o atacante Àngel Arocha (1926-1933), também não tiveram como participar do torneio.

Os atacantes Josep Escolà (1934-37; 1940-49) e Josep Raich (1934-38; 1940-45) não puderam incluir mundiais em seus currículos devido à ausência da Espanha na Copa da França, em 1938, por causa da Guerra Civil, e a suspensão da competição até 1950. Outro dos grandes goleadores do FC Barcelona que não teve a grande honra foi o húngaro Ladislao Kubala, que abandonou a Hungria ainda jovem e posteriormente, atuando pela seleção espanhola, não conseguiu a classificação nas edições de 1954 e 1958.

Outros três jogadores de destaque, os zagueiros Gustavo Biosca (1949-58) e Enric Gensana (1956-63) e o atacante brasileiro Evaristo de Macedo (1957-62), também ficaram de fora de mundiais.

A lista de notáveis barcelonistas que não foram a Copas inclui ainda Jesús María Pereda, vencedor da Copa de Ferias de 1966, o meio-campista alemão Bernd Schuster, lesionado antes do mundial de 1982 na Espanha, e que renunciaria às seguintes edições por desentendimentos com a federação de seu país, e Eusebio Sacristán, atual comandante do Barça B.


Voltar ao início