fcb.portal.reset.password

Pep Guardiola e Tito Vilanova preparando a final da Copa do Rei contra o Athletic Club, no estádio Vicente Calderón. / FOTO: MIGUEL RUÍZ - FCB

Após a vitória do Bayern de Munique contra o Werder Bremen (5-2) na Bundelisga, Pep Guardiola compareceu na entrevista coletiva e expressou toda a sua tristeza com a perda do grande amigo Tito Vilanova. "Quero dar oas meus pêsames e o da minha família ao pai de Tito, Joaquín, à mão dele, María Rosa, à sua esposa, Montse e aos seus filhos Carlota e Adrià". 

Guadiola, que contou com Vilanova como auxiliar-técnico durante os cinco anos que foi técnico do FC Barcelona (um no Barça B e quatro no time principal), relembrou os momentos que passou com Tito Vilanova após os dois se conhecerem na antiga Masía. "Éramos muito jovens, queriamos conquistar o mundo e conseguimos. A tristeza que eu sinto agora me acompanhará para sempre". 

O Bayern chora a morte de Vilanova

Muito clubes e personalidades do mundo do esporte expressaram a sua dor pela morte do ex-técnico do FC Barcelona, Tito Vilanova. Um desses clubes foi o Bayern de Munique, que publicou no seu site oficial um comunicado assinado pelo seu Diretor Geral, Karl-Heinz Rummenigge, em alemão e também traduzido ao catalão.

"O Bayern de Munique recebeu a notícia da morte de Tito Vilanova com uma profunda tristeza, tivemos a oportunidade de conhecer o ex-técnico do FC Barcelona durante a visita a Munique que fez com a sua equipe na temporada passada e vimos que era uma grande treinador e uma pessoa maravilhosa", declarou.

Os jogadores da equipe bávara disputou a partida com uma fita negra e antes do pontapé inicial foi feito um minuto de silêncio

Voltar ao início