fcb.portal.reset.password
Gerardo Martino, no estádio Anoeta.

Gerardo Martino, no estádio Anoeta. FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Gerardo Martino fez autocrítica na coletiva posterior a derrota diante da Real Sociedad por 3 a 1, neste sábado, no estádio Anoeta, em San Sebastián. O técnico argentino, que realizou seis mudanças na equipe com relação ao duelo contra o Manchester City, disse que agora o importante é "olhar para a frente". Além disso, reconheceu que a sua estratégia não foi a melhor: " Não fiz a leitura adequada da partida". 

Martino explicou que "botar três atacantes significava acabar com o esquema com quatro meias. Pensei que seria melhor jogar com uma dupla de volantes, com Song e Busquets". Também destacou que "as rotações são boas e bonitas se o resultado é positivo". Com respeito a mudanças realizadas com o 3 a 1 no placar, o treinador argentino afirmou: "Não tínhamos a necessidade de pensar em outra maneira de jogar e quando íamos realizar a primeira substituição, eles marcaram o 3 a 1". 

Para finalizar, Martino comentou a sua expulsão de campo no intervalo da seguinte maneira: "Não tenho nada que dizer sobre a minha expulsão. Foi uma decisão do árbitro".

Voltar ao início