fcb.portal.reset.password

Tata Martino ha atès els mitjans de comunicació abans del partit contra l'Osasuna / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Gerardo Martino compareceu na coletiva desta sexta-feira, prévia ao duelo deste sábado contra o Osasuna, no estádio El Sadar, em Pamplona (às 15h de Brasília). O técnico argentino afirmou que Busquets será titular e se alegrou com a volta de Carles Puyol à uma lista de convocados. Inclusive destacou que na sua opinião, o capitão culé está "apto para jogar e deverá estar em campo durante alguns minutos".

Além disso, Tata Martino explicou que o mais lhe supreendeu sobre Puyol. "Fiquei impressionando pela motivação do jogador para voltar aos gramados. Toda essa vontade num atleta como ele, consagrado, também me deixou entusiasmado. O espírito dele compensa a falta de jogos e sua ausência durante sete meses. Chegar a dar a impressão que fará sua estreia na Liga Espanhola".  

Não importam os recordes

No caso de uma vitória em Pamplona, o Barça igualará o melhor início da história da Liga Espanhola, que possui o Real Madrid da temporada 1968/69, com nove vitórias nas nove primeiras rodadas. Mas isso não preocupa o técnico Tata Martino. Falam muito da quantidade de partidas e dos recordes, mas isso não muda minha forma de pensar. O fundamental é que aconteça no final da temporada, será a única coisa que entrará para a história. Há uma semana não tínhamos nada decidido, da mesma forma que vejo que essa não se trata de nenhuma semana decisiva. São jogos muito importantes, mas estamos apenas começando e não creio que as coisas sejam assim", analisou. 

O importante é o que acontecerá no final da temporada, é a única coisa que entrará para a história

"O Osasuna melhorou muito nos últimos jogos. Tem muito espírito e sempre necessita uma partida como a última para levantar vôo. É uma equipe que buscará impedir nossa forma de jogar e principalmente nossa saída de bola", disse o técnico do Barça, que também afirmou que escalará o conjunto azul-grená pensando no estilo do rival". 

"Adriano está trabalhando muito bem"

Com a nova lesão de Jordi Alba, que estará afastado pelo menos até a metade de novembro, o brasileiro Adriano Correia seguirá sendo um jogador importante para a equipe. "Tivemos um pouco de má sorte com a nova lesão de Jordi Alba. Mas Adriano está jogando muito bem e agora teve 15 dias de descanso e sua condição é perfeita, digna de aguentar muitos jogos seguidos como os que se aproximam. Se temos que mudar, teremos as opções necessárias para isso", explicou Martino. 

Descanso para Piqué, Alves e Alexis

Gerardo Martino explicou que decidiu dar um descanso para esses três jogadores devido ao acúmulo de jogos e viagens que tiveram. "Não há nenhuma questão médica para deixar Alves, Alexis e Piqué fora. Mas levam muitos jogos seguidos e essa é a única razão pela qual eu decidi dar um descanso aos três".

Voltar ao início