fcb.portal.reset.password

Messi, em Balaídos / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

A vitória do FC Barcelona o clássico do último domingo deixou a Liga Espanhola mais igualada do que nunca. Atlético, Madrid e Barça estão separados por um único ponto de diferença e, agora sim, qualquer tropeço pode ser decisivo. Faltam apenas nove rodadas para o fim do campeonato e cada partida é uma final. Soa como um velho jargão, mas a realidade é essa. E a primeira decisão será nesta quarta-feira, contra um Celta que visita o Camp Nou com vários personagens conhecidos. 

Um deles é o grande ídolo do FC Barcelona, Luis Enrique, que vestiu a camisa azul-grená durante oito temporadas e que também foi técnico do Barça B por três anos. Agora, é o treinador da equipe galega e tem sob o seu comando os ex-jogadores culés Fontás e Nolito. Além de Rafinha, que o Barça emprestou ao Celta nesta temporada mas que não poderá estar no Camp Nou por estar lesionado. 

Apesar do clima de reencontro, o FC Barcelona sabe perfeitamente a importância de somar os três pontos para seguir pressionando o Atlético e o Real Madrid, que entrarão em campo após o duelo do Barça. Gerardo Martino vários jogadores por decisão técnica (Oier, Montoya, Afellay e Xavi). 

As chances de que Martino opte pelas rotações nesta quarta-feira são grandes, já que no próximo sábado o Barça terá que visitar o estádio Cornellà-El Prat. Contra o Celta, a equipe culé fará o jogo '1000' no Camp Nou, válido pela Liga Espanhola. Um jogo histórico onde certamente veremos as presenças de Bartra, Song, Alexis ou Pedro, ou seja, dos atletas que foram suplentes em Madrid. 

Voltar ao início