fcb.portal.reset.password

Adriano, Cesc i Xavi, a Almeria. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

O Barça de Tata Martino tem uma grande oportunidade neste sábado para ampliar o seu recorde de melhor início na Liga Espanhola. Com sete vitórias em sete rodadas, o Barça agora tem a chance de chegar à oitava diante do Valladolid, no Camp Nou. É a última partida antes dos compromissos internacionais que os jogadores terão com as suas respectivas seleções. Um novo triunfo manteria o time azul-grená na liderança da tabela e na expectativa de ver o resultado do Atlético de Madrid, que joga com o Celta neste domingo. 

Sem o '10', mas com recursos

O Barça tentará de novo sem Lionel Messi. O argentino segue lesionado e já perdeu o último duelo da Champions League, contra o Celtic. Na Escócia, o Barça deu uma autêntica demonstração de bom futebol. Outro convite ao otimismo e uma injeção de confiança para a equipe. 

Tata Martino convocou 18 jogadores para a partida contra o Valladolid. Além de Messi, Mascherano, Jordi Alba, Puyol, Cuenca e Afellay também são baixas por lesão. Sobre a situação de Puyol, o treinador culé afirmou que a sua possível reaparição será na partida seguinte da Liga Espanhola, após os jogos FIFA. 

Um Valladolid com problemas

O Valladolid também se apresentará no Camp Noucom numerosas ausências. A de maior destaque é a de Óscar, um dos seus principais goleadores. Também não estarão Manucho, Victor Pérez, Larsson, Álvaro Rubio e Sastre. 

O Valladolid, que chega depois de dois empates consecutivos, é o 16º na tabela da Liga Espanhola e está aproveitando o bom momento da sua dupla de atacantes Guerra e Osorio. Certamente necessitará desses gols para acabar com o seu péssimo retrospecto no Camp Nou: só ganhou duas vezes em toda a história do Campeonato Espanhol. 


Voltar ao início