fcb.portal.reset.password
Messi toca o escudo do Barça na camisa ao comemorar o gol.

Leo Messi marcou dois gols no Camp Nou no dia do seu regresso. / FOTO: GERMÁN PARGA-FCB

O genial Leo Messi voltou. Na noite em que todos esperavam ansiosamente o seu regresso, o craque argentino precisou de apenas 27 minutos em campo para deixar para trás dois meses de recuperação de uma incômoda lesão e mostrar que o goleador de sempre está de volta. O técnico Tata Martino já tinha avisado que Messi retornou da Argentina com um “olhar assassino”. E parece que tinha razão.

O craque do FC Barcelona marcou dois e garantiu a goleada por 4 a 0 sobre o Getafe, na ida das oitavas-de-final da Copa do Rei, que deixa bem encaminhada a classificação para a próxima fase da competição. Cesc Fàbregas foi o outro protagonista da noite, também com dois gols. O Barça decidirá a vaga na semana que vem, no Coliseum Alfonso Pérez, em Madrid, podendo perder por até três gols de diferença.

Máxima atenção

Desta vez o Barça não sofreu nenhuma pane nos minutos iniciais como tinha ocorrido no anterior duelo entre ambas as equipes. Muito pelo contrário, manteve a concentração desde o começo. Tanto que no minuto 8, Cesc já tinha aberto o placar de cabeça, aproveitando um excelente cruzamento de Pedro pela esquerda.

A equipe de Tata Martino teve o domínio total no primeiro tempo com uma posse de bola sempre superior aos 70%. Apesar do domínio asfixiante, o Barça não encontrava espaços entre a sólida defesa rival. E o Getafe ainda contou com uma excelente oportunidade de cabeça no minuto 31, mas o goleiro Pinto evitou o empate com uma grande defesa.

Cesc amplia de pênalti

O início da segunda parte foi uma cópia da primeira. Domínio e pressão constante do Barça na busca de ampliar a sua vantagem na eliminatória. Mas a muralha defensiva do Getafe se mantinha firme e instransponível. Isso até Pedro receber uma bola na área e sofrer pênalti de Valera. O relógio marcava o minuto 62 da partida quando Cesc cobrou a penalidade máxima com força e ampliou a vantagem para o Barça. Um pouco antes disso, o goleiro Pinto tinha sido novamente providencial com outra excelente defesa.

O show de Messi

Quando Cesc marcou o segundo gol, todo o Camp Nou já estava eufórico pelo fato de Messi estar na beira do gramado, pronto para entrar. Só o fato dele jogar alguns minutos já seria suficiente para alegrar uma torcida que não aguentava mais de saudade do seu grande ídolo. E o craque argentino retribuiu todo o carinho como melhor sabe: marcando gols. Nesse caso, dois. No primeiro deles, aproveitou uma jogada de Montoya e mandou um chute colocado, sem defesa para Codina.

Já no outro, recebeu uma bola pela direita, avançou entre três adversários e marcou na saída do goleiro. Um golaço ao melhor estilo Messi, que fez questão de provar que além de um ‘olhar assassino’, está com o faro goleador em plena forma. Uma grande notícia que chega na hora certa, já que o próximo compromisso do Barça é nada menos que o Atlético, sábado, no estádio Vicente Calderón, em Madrid.

Voltar ao início