fcb.portal.reset.password

Messi celebra un dels seus tres gols / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona começa com o pé direito na Liga dos Campeões. Um 'hat-trick' de Leo Messi e um gol de Gerard Piqué asseguraram ao time azul-grená uma contundente vitória na primeira rodada da fase de grupos. O Ajax, um time valente e organizado, não teve chances contra o Barça com um Messi em grande forma e com uma atuação de gala de Victor Valdés. O goleiro, novamente sublime, evitou o empate do Ajax em diversas ocasiões quando o Barça vencia por 1 a 0 e ainda defendeu um pênalti na reta final do duelo. 

A goleada por 4 a 0 situa o Barça na liderança do grupo, com o mesmo número de pontos que o Milan, que venceu o Celtic por 2 a 0, em Milão. O próximo compromisso europeu será na Escócia, onde os culés perderam por 2 a 1 na última temporada.  

Dois times, a mesma filosofia

Desde o começo ficou claro que no gramado tinham duas equipes com uma mesma idéia de futebol. O Ajax utilizou a mesma filosofia de jogo do Barcelona, com riscos na saída de bola, a busca pelo domínio do jogo e uma forte pressão sobre a defesa rival. O atrevimento do clube holandês surpreendeu o Barça, já que é pouco comum algum time jogar dessa maneira no Camp Nou.  

Messi abre o placar

Apesar de não se encontrar cômodo, as primeiras e boas ocasiões pertenceram ao FC Barcelona. Neymar Jr foi o primeiro a testar o goleiro Vermeer. Entretanto, teve que ser Messi o responsável por abrir o placar no Camp Nou. Um míssil do argentino numa falta direta (sofrida por ele mesmo) resultou no 1 a 0 para o Barça.   

O gol não assustou o Ajax que teve duas chances de empatar a partida na etapa incicial. Um genial Valdés salvou o disparos de Van Rhijn e Duarte. Neymar também quase marcou o dele no primeiro tempo, mas os culés não conseguiram ampliar o placar e ter a tranquilidade sonhada antes do intervalo. 

O camisa '10' de sempre

No segundo tempo, tudo mudou. O Ajax foi incapaz de manter a qualidade de jogo da primeira parte e foi rapidamente dominado por um Barça intenso e obstinado. Um contra-ataque clássico controlado por Busquets chegou ao pés de Messi que não teve muito trabalho para marcar o 2 a 0 a favor do Barça. Pouco depois, o zagueiro Piqué marcava de cabeça o terceiro do Barcelona após um excelente cruzamento de Neymar. Desta vez, não haveria sofrimento nos minutos finais.  

Valdés, o outro protagonista

A noite de Champions League no Camp Nou ainda teria dois momentos mágicos. O primeiro foi o 'Hat-trick' de Messi (três gols no mesmo jogo). O segundo foi o pênalti defendido por Víctor Valdés, que coroou a grande atuação do goleiro azul-grená. Assim terminava uma estreia praticamente perfeita do Barça na melhor competição de clubes do mundo.    

Voltar ao início