fcb.portal.reset.password

 

O FC Barcelona colocou a liderança da Liga Espanhola em perigo ao sofrer a primeira derrota da temporada no Camp Nou. A equipe de Tata Martino acabou surpreendida por um Valência que chegava ao estádio culé em mau momento, mas que venceu de forma brilhante por 3 a 2 graças a uma grande atuação no segundo tempo.

Os minutos que antecederam a partida foram marcados por dois momentos: um alegre e outro triste. O primeiro foi a comemoração do Ano Novo chinês. O segundo foi o minuto de silêncio pela morte de Luis Aragonés, um dos personagens mais históricos e queridos do futebol espanhol. Aragonés faleceu neste sábado, aos 75 anos.

Alexis abre o placar

O FC Barcelona começou arrasador, com um domínio e uma pressão intensa sobre o rival. Tanto que logo no minuto 6, o chileno Alexis Sánchez aproveitou um chute de Messi e abriu o placar quase sem ângulo. O futebol apresentado pelo FC Barcelona na etapa inicial dava a impressão de que outra goleada histórica se aproximava. Mas a partir do minuto 25, essa sensação foi se dissolvendo diante de um Valência que começou a mostrar mais garra e determinação.

Empate antes do intervalo

O Valência recuperou o orgulho dentro de campo, acertou a marcação e organizou melhor a saída ao ataque. O Barça mantinha a posse de bola, mas já não oferecia tanto perigo ao gol adversário. Desse modo o clube valenciano aumentou a confiança e se lançou em busca do gol. Após alguns avisos ao goleiro Valdés, chegou o empate do Valência. Feghouli recebeu na direita e cruzou para Parejo empatar sem nenhuma resistência.

Piatti vira, Messi empata

A segunda parte começou com ritmo alucinante e completamente aberta. No minuto 47, o baixinho Piatti virou o placar para o Valência com uma cabeçada que encobriu o goleiro Valdés. Mas os valencianos não tiveram muito tempo para comemorar. Seis minuto depois, o zagueiro Ricardo Costa botou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Barça. Messi cobrou com perfeição e empatou.

Alcácer e Alves, protagonistas

O Valência tinha menos posse de bola, mas jogava melhor. Após o empate de Messi, a equipe do técnico Pizzi seguiu no ataque e o atrevimento no Camp Nou foi recompensado. No minuto 58, Alcácer recebeu dentro da área, finalizou sob o olhar de Piqué e deu números finais ao marcador. Outro protagonista na partida foi o goleiro brasileiro Diego Alves, que garantiu a vitória com excelentes defesas. A tarefa dos valencianos ficou ainda mais fácil após a expulsão do lateral Jordi Alba, que recebeu o segundo cartão amarelo na partida.

A primeira derrota

Foi a primeira derrota do Barça no Camp Nou nesta temporada. Mas o resultado custou caro ao Barça. A equipe de Tata Martino finalizou uma sequência de 25 vitórias consecutivas em jogos oficiais no seu estádio. Além disso, pode perder a liderança da Liga Espanhola neste domingo, após permanecer 59 rodadas consecutivas no primeiro lugar da principal competição do futebol espanhol. O próximo compromisso do Barça é nesta quarta-feira, contra a Real Sociedad, pela Copa do Rei. 


Voltar ao início