fcb.portal.reset.password
A equipe celebra o gol de Busquets, que abriu o placar.

A equipe celebra o gol de Busquets, que abriu o placar. / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

O FC Barcelona deu um grande passo rumo à decisão da Copa do Rei 2013/14. A equipe de Tata Martino venceu a Real Sociedad por 2 a 0 nesta quarta-feira, no Camp Nou, no jogo de ida das semifinais da mais tradicional competição espanhola. A partida teve de tudo: bolas na trave, polêmicas, expulsão e até um lance rocambolesco.

Mas um gol de Sergio Busquets e outro contra do goleiro Zubikarai colocaram o Barça em vantagem na eliminatória, que será decidida na próxima semana em San Sebastián.

Um bloqueio impenetrável

Foi a velha história de sempre. Domínio total do FC Barcelona desde o início, mas faltava achar o caminho entre a sólida defesa da Real Sociedad para chegar ao gol. O Barça insistia principalmente com a velocidade de Pedro pela esquerda e os chutes de Cesc de fora da área. E após um desses disparos, o goleiro rival rebateu no peito de Alexis, que fez tudo certo até desperdiçar a chance mais clara nos minutos iniciais. Depois disso, foi a vez de Messi. O argentino cobrou uma falta da entrada da área no ângulo, mas a trave impediu o que seria um golaço do argentino.

Pinto salva e Busquets golpeia

A aposta da Real era sair viva do Camp Nou para decidir a vaga em casa. Para isso, usou um 5-3-2, com três zagueiros e três meias defensivos. Apesar disso, o Barça se viu surpreendido em dois contra-ataques que quase lhe custaram caro. Num deles, Pinto salvou um forte disparo de Griezmann da entrada da área. No outro, o goleiro culé voltou a ser o herói ao parar um chute à queima-roupa de Carlos Vela, que pedia pênalti no lance. Na jogada seguinte, Busquets abriu o placar ao mandar para o fundo das redes um chute cruzado de Pedro que sobrou nos pés dele. Após o gol, o zagueiro Iñigo Martínez foi expulso por reclamação. E assim acabou um primeiro tempo bastante turbulento.

Um gol rocambolesco

Com um jogador a mais, o Barça asfixiou a Real Sociedad desde o primeiro minuto da etapa final e os bascos seguiam agarrados a sua estratégia defensiva. A equipe de Tata Martino insistiu até conseguir ampliar da forma mais rocambolesca possível. No minuto 63, Alexis recebeu um bom passe de Cesc na intermediária, avançou e disparou. A bola bateu na trave e caiu nos pés do zagueiro Elustondo. Ele tentou tirar, mas a bola deu no peito do goleiro Zubikarai e entrou. Barça 2 a 0.

Decisão em Anoeta

A vantagem numérica no placar e no gramado dava a sensação de que o Barça poderia deixar a vaga para a final bem encaminhada. Mas apesar dos constantes ataques por todos os setores do campo, o placar não se alterou. O resultado ainda deixa a eliminatória aberta, mas sem dúvida o Barça deu um excelente passo para chegar à grande decisão. Algo que só será confirmado na próxima semana no estadio Anoeta, em San Sebastián.


Voltar ao início