fcb.portal.reset.password

Valdés, no Camp Nou / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

"Chega o momento de dizer adeus e de me despedir de todos vocês.

Infelizmente não pude me despedir jogando futebol como gostaria, mas a vida às vezes é assim e esse ano foi cruel comigo nesse sentido.

Tive tempo para pensar de onde eu vim e no que me converti. Só aparece nos meus pensamentos nostalgia com as pessoas que ajudaram a chegar até aqui. Quero dedicar essa carta a eles

A Oriol Tort, a José Antonio Pozanco, a Juan Manuel Asensi, a Ursicinio López, a Albert Benaiges, a Antonio Olmo, a Juan Carlos Pérez Rojo, a Pep Segura, a Quique Costas, a Joan Vilà, a Jordi Castel... Os mestres esportivos que fizeram de mim o esportista que sempre sonhei ser. Pessoas que transformaram uma criança de 10 anos num goleiro que defendesse o gol do Camp Nou, 10 anos depois. Obrigado a todos!

Obrigado a Louis Van Gaal, por ter a coragem necessária para apostar no talento que os seus olhos sabem ver. Ele iniciou a construção de um Barça histórico, do que tive o privilégio de fazer parte. Obrigado de coração.

Obrigado a Frank Rijkaard, por ter me dado a confiança necessária e por ter permitido que eu alcançasse a glória, tocando a Copa da Europa em PAris com as minhas próprias mãos. Ali onde estiver, repito, minha vida estará sempre em dívida contigo, Míster.

Obrigado Pep, por ter aberto as portas para que jogasse um jogo que eu não conhecia, por ter sido meu guia durante o caminho que temos que seguir para chegar ao êxito. E encontramos juntos, não é verdade? Sempre existirá isso Míster e pode acreditar, será eterno.

Obrigado Tito! Ali onde você estiver, te agradeço por ter nos ensinado não apenas o caminho para seguir vencendo como equipe, mas também o caráter necessários para enfrentar a vida.

Obrigado a todos os companheiros com os quais tive o prazer de compartilhar o trabalho que supõe levar esse escudo no peito dia após dias, por ter feito que eu me sentisse importante dentro desse grupo que formamos durante todos esses anos. Porque tudo se resume a isso, somos nós, aqui e agora. Obrigado senhores!

E, claro, não quero esquecer das pessoas mais importantes para mim nesses 12 anos vestindo essa camisa como profissional, meus fiéis seguidores. Aquelas pessoas que acontecesse o que acontecesse, estavam sempre ali para dar o fôlego que um lutador necessita a cada momento. Estavam ali, orgulhosos de me ver em cada celebração, apoiando em cada partida, enviando essa energia positiva que nunca deixei de enxergar, o que me ajudou muito durante todo esse tempo. Porque sem isso, eu não teria sido capaz de vencer sozinho. 

Obrigado, Obrigado e mil vezes obrigado. Peço por favor que nunca deixem de me apoiar. 

Para sempre, FORÇA BARÇA!

Víctor Valdés Arribas"

Voltar ao início