Puyol, en l'entrenament d'aquest dijous / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

"Foram sete meses complicados mas já estou aqui. O time está bem, com muita vontade. O clássico é um desses jogos que todos querem participar", afirmou Carles Puyol na sua primeira resposta na coletiva desta quinta-feira. O capitão culé quis tirar qualquer dúvida sobre o seu estado físico: "Estou bem, tenho boas sensações e estou à disposição do técnico", declarou. "Não vou mudar minha maneira de jogar. Sempre entro em campo com a máxima vontade de fazer bem o meu trabalho", completou. 

Sobre o clássico deste sábado, o capitão do FC Barcelona ressaltou: "Não vai decidir nada. Ainda falta muito. Mas é uma boa oportunidade para jogar bem e adquirir mais confiança para o futuro". Também destacou a força do rival. "O Real Madrid sempre exige o máximo do adversário. Cada vez jogam melhor. Temos que realizar um bom trabalho para vencer. São muito perigosos no contra-ataque e estamos cientes disso", explicou.

 O Madrid Madrid jogou bem no Camp Nou nos últimos anos, mas jogar ao lado da torcida sempre é importante

O capitão culé indicou que a equipe pretende melhorar a cada semana e que, apesar de ser um duelo complicado, o fato de jogar em casa pode ajudar: "O Madrid teve um excelente desempenho no Camp Nou nos últimos anos, mas jogar ao lado da torcida sempre é importante".  

Temos quatro zagueiros do mais alto nível. Com Bartra creio que temos um central para muitos anos

Puyol fez questão de ressaltar a alegria que sente por poder voltar a treinar com o resto do grupo e não poupou elogios aos outros companheiros de zaga do clube. "Temos quatro zagueiros do mais alto nível e a concorrência é boa para todos". Sobre Marc Bartra, comentou: "Vi pelos jornais alguns nomes que em teoria estavam na mira do Barça, mas na minha opinião nenhum deles era melhor que Bartra. Deve seguir trabalhando com vontade e não perder a confiança nunca. É um zagueiro para muitos anos". 

Sobre Mascherano, afirmou: "Creio que é muito exigente com ele mesmo. Possui um nível altíssimo. Poucos zagueiros no mundo tem essa qualidade. Se fizéssemos um vídeo com as ações positivas, certamente seria muito maior que outro com os seus erros".