fcb.portal.reset.password

Pedro celebra o golaço que marcou / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

O Barça saiu mais líder do que nunca do estádio Benito Villamarín, em Sevilha. Os gols de Neymar Jr. e Pedro no primeiro tempo e os dois gols de Cesc na segunda parte, permitiram ao Barça chegar ao novo descanso da Liga Espanhola com uma nova vitória fora de casa (1-4). Um triunfo complicado contra um Betis valente que exigiu a máxima efetividade do clube azul-grená. Apesar da vitória histórica, o elenco de Tata Martino teve que ver o argentino Leo Messi sair de campo lesionado uma vez mais.

Com mais três pontos na tabela, o Barça chega a um novo descanso ainda mais líder e com a condição de invicto na Liga Espanhola. O tropeço do Atlético de Madrid contra o Villarreal (1-1) aumenta a vantagem sobre os colchoneros para três pontos e se mantém a seis do Real Madrid.

Heróico Valdés

Os jogadores entraram no gramado do estádio Benito Villamarín conhecendo o resultado do Atlético de Madrid e sabendo que uma vitória daría a comodidade suficiente para passar uns dias tranquilos. Por falar nisso, tranquilidade foi o que faltou nos primeiros minutos do duelo. O Betis, com a zaga avançada, saía com ambição e Valdés teve que salvar o Barça em diversas oportunidades, como nos disparos de Jorge Molina e Juan Carlos. O goleiro mantinha o Barça com vida ao mesmo tempo que Leo Messi saía de campo lesionado uma vez mais nessa temporada.

Dois gols em dois minutos

A equipe culé superou a ausência de Messi com gols. O meia camaronês Alex Song inventou um passe perfeito para Cesc Fàbregas na direita, que de primeira realizou uma bela assistência à Neymar. O brasileiro finalizou com precisão e abriu o placar para o Barcelona. Dois minutos mais tarde, Pedro ampliou a vantagem com uma genial jogada individual. Do meio de campo, lançou a bola para ele mesmo e marcou com categoría na saída do goleiro. A vitória estava mais próxima.

Cesc marca em dose dupla

O Betis nunca conseguiu se recuperar do segundo golpe do Barça. No início do segundo tempo até tentou com muita garra, mas esbarravam no zagueiro Bartra, impecável na partida. E se não era ele, era a trave que salvaría Valdés após um míssil de Juan Carlos. Não era a noite do Betis, que seguiam arriscando com espaços na defesa, que Neymar Jr e Cesc se aproveitavam para criar perigo de forma constante.

O terceiro gol parecia questão de tempo. E veio através de Cesc após uma excelente assistência pela esquerda de Montoya. Antes disso, Neymar Jr. tinha feito uma jogada brilhante, chutou duas vezes, mas viu o goleiro rival defender ambos os disparos à queima-roupa. O incansável Cesc também marcou o quarto gol e fechou a goleada em Sevilha. Desta vez, de cabeça, após um cruzamente de Daniel Alves.

Na reta final da partida, com tudo decidido, Martino decidiu dar alguns minutos para Tello e Sergi Roberto. Com eles em campo, o Barça ainda teve tempo de cometer um penalti, provocado por Daniel Alves sobre Matilla. Jorge Molina cobrou e diminuiu para o Betis. Mas já era tarde e o FC Barcelona saiu mais líder do Benito Villamarín

Voltar ao início