fcb.portal.reset.password

A defesa sensacional de Valdés contra o Betis

Victor Valdés é o goleiro menos vazado da Liga Espanhola após 13 rodadas disputadas. Com apenas oito gols sofridos, oferece os seus melhores números nos últimos anos com o Barça. 

O camisa 1 do FC Barcelona é também o goleiro com a porcentagem mais alta de defesas da competição (84%). Valdés neutralizou 42 dos 50 chutes que deram contra ele no gol do Barça. Alguns goleiros possuem um maior número de defesas, mas todos sofreram mais gols que Valdés, como é o caso de Keylor Navas, do Levante (63 defesas), Esteban, do Almería (56) e Moyà, do Getafe (55). 

Goleiro Gols sofridos Defesas
% Defesas
Víctor Valdés (Barça)
8 42 84%
Roberto (Granada) 13 52 80%
Miguel Ángel Moyà (Getafe) 14 55 79,1%
Keylor Navas (Levante)
17 63 78,75%
Willy Caballero (Málaga) 19 54 73,97%
Thibaut Courtois (Atlético)
9 24 72,73%
Claudio Bravo (R.Sociedad)
17 41 70,69%
Yoel (Celta)
18 43 70,49%
Gorka Iraizoz (Athletic Club) 11 26 70,27%
Esteban (Almería)
24 56 69,23%
Diego Mariño (Valladolid)
20 46 69,23%
Diego Alves (Valência)
12 27 69,23%
Diego López (Madrid)
17 38 69,09%
Sergio Asenjo (Villareal) 13 27 67,5%
Manu Herrera (Elche) 17 35 67,31%
Guillermo Sara Betis) 15 26 63,41%
Kiko Casilla (Espanyol) 18 30 62,5%
Beto (Sevilha)
24 38 61,29%

Atuações milagrosas

No estádio do Betis se produziram as últimas defesas milagrosas de Víctor Valdés. Numa delas, quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0, desviou um disparo à queima-roupa de Juan Carlos. Desde o início da temporada, o goleiro azul-grená teve várias atuações que renderam pontos ao Barça. 

Logo na segunda rodada. contra o Málaga, Valdés evitou o empate no final da partifda. Mais tarde, no estádio do Rayo, defendeu um pênalti cobrado por Trashorras e, em Almería, quando o Barça vencia pelo placar mínimo (0-1), salvou um cara a cara contra Rodri. 

De qualquer forma, sua atuação mais espetacular na Liga Espanhola foi durante o clássico. O Barça vencia por 1 a 0 e a partida se aproximava do fim da primeira parte. Então, Valdés voltou a aparecer para defender de forma sensacional um potente disparo de Khedira. E no segundo tempo também evitou o empate com outra defesa prodigiosa num chute de Cristiano Ronaldo. Uma verdadeira muralha. 

Voltar ao início