fcb.portal.reset.password

Puyol celebrando mais um título no Camp Nou. FOTO: Arquivo FCB

Carles Puyol anunciou nesta terça-feira que deixará o FC Barcelona no final da atual temporada. O capitão do Barça estreou há mais de 14 anos no time principal, disputou até hoje um total de 593 jogos com a camisa culé e marcou 18 gols. Confira 10 momentos especiais de Puyol durante a sua trajetória com a camisa azul-grená: 

  • 2 de outubro de 1999. O dia em que Louis Van Gaal deu a oportunidade para Puyol estrear no time principal do FC Barcelona. Era uma partida em Valladolid e Puyol entrou no segundo tempo no lugar do atacante português Simão. Naquela temporada, ele jogou 37 partidas sob as ordens do técnico holandês.
  • 21 de outubro de 2000. Com apenas 22 anos, o técnico Llorenç Serra Ferrer deu ordens a Puyol para fazer uma marcação especial a Luis Figo, no dia que o português regressou ao Camp Nou vestindo a camisa do Real Madrid. Puyol brilhou nesse jogo e o Barça venceu por 2 a 0.

  • 11 de novembro de 2001. Seu primeiro gol, como sua estreia, está relacionado com o Valladolid. Contra a equipe 'pucelana', Puyol aproveitou uma tabela com Saviola na pelo lado direito do ataque culé (durante os primeiros anos jogou como lateral) e marcou o seu primeiro gol com a camisa azul-grená. Foi o 2 a 0 de uma partida que o Barça acabou vencendo por 4 a 0.
  • 23 de outubro de 2002. Sua liderança cresce um pouco mais numa noite em que salva um gol do adversário com o escudo do Barça, com o coração. Na ocasião, o FC Barcelona venceu o Lokomotiv de Moscou por 1 a 0 pela Liga dos Campeões.
  • 14 de maio de 2005. Os cinco primeros anos de Puyol no Barça foram difíceis. Ele só levantou a primeira taça na temporada 2004/05, curiosamente na sua primeira como capitão. No dia 14 de maio de 2005, contra o Levante (1-1), Puyol conquistou o primeiro de muitos títulos com o FC Barcelona. O técnico da equipe era o holandês Frank Rijkaard.
  • 17 de maio de 2006. Carles Puyol foi o responsável por levantar a segunda Liga dos Campeões da história do Barça. Uma noite histórica debaixo de chuva em Paris. O FC Barcelona venceu o Arsenal por 2 a 1, de virada, ficou com a taça e Puyol entrou para a história.  

Carles Puyol és l’encarregat d’aixecar la segona Lliga de Campions

  • 2 de maio de 2009. Puyol dificilmente teve uma atuação mais completa que a da goleada histórica sobre o Real Madrid no Santiago Bernabéu (2-6). Marcou o gol da virada no placar (1-2) e celebrou beijando a braçadeira de capitão com a cores da bandeira da Catalunha diante dos olhos do mundo.
  • 19 de dezembro de 2009. O melhor Barça de todos os tempos fecha um 2009 inesquecível com o primeiro Mundial de Clubes FIFA da sua história. Puyol foi titular como sempre e, uma vez mais, o encarregado de levantar a taça de campeão em Abu Dhabi.

  • 28 de maio de 2011. Puyol se recuperou outra vez em tempo recorde de uma lesão e conseguiu jogar os minutos finais da decisão da Liga dos Campeões no novo estádio de Wembley, em Londres. Foi a terceira dele e um dia que ficará lembrado pelo seu gesto de entregar a honra de levantar a taça para Éric Abidal, que tinha se curado há pouco tempo de um tumor no fígado.
  • 19 de octubro de 2013. Após mais de 220 dias de baixa por culpa de uma lesão no joelho, Carles Puyol volta aos terrenos de jogo como titular no estádio do Osasuna, numa partida que acabou empatada em 0 a 0. O capitão culé, que seguiu com entusiasmo e dedicação cada passo da sua recuperação, volta a levar a faixa de capitão e supera uma lesão que lhe deixou sete meses afastado dos gramados.


Voltar ao início