fcb.portal.reset.password
Els cartells dels Mundials d'Espanya del 82 i Mèxic del 86

Els cartells dels Mundials d'Espanya del 82 i Mèxic del 86

Em plena contagem regressiva para o Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, seguimos com o resumo dos mundiais através de uma perspectiva azul-grená. Em 1982 se destaca a presença do Camp Nou como uma das sedes e em 1986 a 'Chuteira de Ouro' foi para o inglês Gary Lineker.

Espanha 1982

- O dia 13 de junho de 1982 marcou a abertura da Copa do Mundo FIFA com uma partida no Camp Nou entre Argentina e Bélgica, que contou a presença de 95 mil espectadores. Além da partida de inauguração, outros quatro jogos foram disputados no estádio culé: Polônia 3-0 Bélgica (28 de junho); Bélgica 0-1 URSS (1 de julho); URSS 0-0 Polônia (4 de julho) e Itália 2-0 Polônia (8 de julho). 

- O FC Barcelona foi representado naquela Copa por seis jogadores em duas seleções distintas. A Espanha contava com Urruti, Alexanco, Periko Alonso, Sánchez e Quini. Já na Argentina estava Diego Armando Maradona. Tanta a seleção argentina como a espanhola acabaram eliminadas na segunda fase do torneio, que tinha uma formato diferente da atual. 

- Pouco depois da finalização do Mundial, no dia 24 de agosto de 1982, foi realizada uma ampliação no Camp Nou, que passou a ter capacidade para 120 mil torcedores. 

México 1986

- A participação azul-grená no Mundial do México contou com oito jogadores repartidos em três seleções distintas. Na Espanha estavam Zubizarreta, Urruti, Julio Alberto, Víctor, Calderé e Carrasco. A Inglaterra levou Gary Lineker e a Escócia convocou Steve Archibald.

- Gary Lineker foi contratado pelo Barça pouco antes da Copa, procedente do Everton. Ele foi o artilheiro do Mundial com seis gols apesar da Inglaterra ter caído eliminada nas quartas-de-final da competição com um derrota para a Argentina. O outro atacante britânico do FC Barcelona, Steve Archibald, jogou somente uma partida nesta Copa com a seleção escocesa e não marcou nenhum gol. 

- Zubizarreta, Víctor e Julio Salinas jogaram as cinco partidas da Seleção Espanhola como titulares. 


Voltar ao início