fcb.portal.reset.password

Anthony Borges (15 anos) integrou a Barça Academy de Lauderhill. | FCB

Os atletas da Barça Academy de Lauderhill, enviando uma mensagem a Anthony. | FCB

Anthony Borges (15 anos) recebeu o impacto de cinco disparos enquanto ajudava 20 colegas a fugir de um ex-aluno que atirava contra todos no Instituto Marjory Soneman Douglas, em Parkland (Flórida). O fato, ocorrido no dia 14 de fevereiro deste ano, chocou o planeta.  

De origem venezuelana, Anthony é torcedor do FC Barcelona e em 2016 chegou a treinar na FCB Escola de Lauderhill, na Flórida - uma das seis escolas do Barça nos Estados Unidos. Nos próximos dias, ele receberá um presente especial do clube: uma camisa autografada por todos os jogadores. 

É o reconhecimento a uma atuação heroica, que evitou que o número de mortos nesse massacre causado por Nikolas Cruz, um ex-aluno da escola de apenas 19 anos, fosse ainda maior. 

O sonho de conhecer Barcelona

Anthony Borges está internado em recuperação, mas agora tem um bom motivo para voltar a estar bem o mais rápido possível. Em breve, terá a oportunidade de viajar a Barcelona para conhecer os craques culés e o Camp Nou. Uma promessa feita pelo próprio Barça ao pai dele, Royer Borges, em uma conversa telefônica. 

Ao conhecer a história do jovem herói, o clube catalão tratou de entrar em contato com a sua família para oferecer todo o apoio necessário. O pai do garoto agradeceu a ajuda do Barça e a oferta para ajudar Anthony Borges a recuperar a alegria. 

O clube também colocará à disposição da família o seu departamento médico para colaborar com a recuperação de Anthony, que foi submetido a diversas operações. 

Ajuda para os gastos médicos

Royer Borges abriu uma conta na plataforma chamada 'go.fund.me' com o objetivo de arrecadar fundos para os gastos médico do seu filho. A resposta está sendo bastante positiva e o Barça quer que todos conheçam a história de Anthony e que possam colaborar com a sua recuperação. 

“Queria agradecer as colaborações no site go.fund.me, já que meu filho necessita um tempo de recuperação e todos sabem que aqui o custo médico é muito alto", ressaltou Royer Borges. O pai de Anthony também mostrou toda a sua gratidão ao Barça pela ajuda oferecida. 

Voltar ao início
_satellite.pageBottom();