Azul e Grená são as cores que têm sido exibidas na camisa do Barça há mais de cem anos e o clube é amplamente conhecido como o “Blaugrana” em alusão aos nomes dessas cores no idioma catalão. Entretanto, embora a camisa tenha permanecido com seu design relativamente intocado ao longo dos anos, os calções da equipe foram brancos nos 10 primeiros anos da história do clube. Depois, adotaram a cor negra e só a partir dos anos 20 o calção do uniforme passou a ser azul, uma cor que permanece até os dias atuais.

O motivo original da escolha de tais cores para a camisa do Barça tem sido tema de debate entre historiadores do clube, e, embora muitas teorias tenham sido propostas, ninguém conseguiu provar que as cores foram escolhidas por algum motivo simbólico. Naturalmente, a maior parte das teorias está relacionadas com a fundação e as origens do clube.

Por exemplo, por muitos anos se afirmou que as cores do Barça foram adotadas de um clube suíço que Gamper havia fundado antes, ou que elas eram as cores da região suíça onde o fundador havia nascido. Sabemos que é altamente improvável que essas hipóteses sejam verdadeiras.

Há outra teoria comum, porém não comprovada, na qual os fundadores basearam a sua escolha nas cores azul e vermelha dos lápis de contabilidade, que eram bastante populares na época. E existem outras sugestões mais triviais, como uma que diz que a mãe dos irmãos Comamala dava aos jogadores cintos vermelhos e azuis para que eles pudessem diferenciar um do outro antes que cada um deles pudesse ter um uniforme próprio.

Entretanto, como afirmado anteriormente, nenhuma dessas teorias conseguiu oferecer provas conclusivas do motivo pelo qual o Barça usou essas cores desde o início. Mas é possível ter certeza de que a camisa do Barça se tornou uma das camisas com o design mais reconhecido e enigmático no mundo do futebol.