Josep Maria Bartomeu é o presidente do Barça desde 2014. | Arquivo FCB

Josep Maria Bartomeu (2014-)

No dia 23 de Janeiro de 2014, Sandro Rosell apresentou a sua demissão do cargo de presidente do clube após três anos e meio de mandato. Desse modo, o até então vice-presidente esportivo do clube, Josep Maria Bartomeu, assumiu o cargo até 9 de junho de 2015. Um mês depois, no dia 18 de julho de 2015, foi o vencedor das eleições. 

Mais informação*

(*Todas as informações adicionais estão em espanhol)

Sandro Rosell i Feliu (2010- 2014)

Sandro Rosell assumiu o cargo de presidente do Barça no dia 1 de julho de 2010, após uma contundente vitória nas eleições do dia 13 de junho do mesmo ano. Rosell obteve um total de 61,35% dos votos numa eleição que teve uma participação recorde, com 57.088 sócios. No dia 23 de janeiro de 2014, Sandro Rosell apresentou a sua renúncia em caráter irrevogável, após três anos e meio de mandato. O vice-presidente Josep Maria Bartomeu assumiu a presidência do FC Barcelona

Mais info

Joan Laporta i Estruch (2003-2010)

Joan Laporta i Estruch (Barcelona, 1962) chegou à presidência do clube após uma vitória clara nas eleições realizadas no dia 15 de junho de 2003. Laporta teve 27.138 votos (52.7% do total), contra 16.412 do seu principal adversário, Lluís Bassat.

Mais info

Comissão Gestora (2006)

Uma decisão judicial interpretou que o mandato do Conselho de Administração liderado por Joan Laporta tinha expirado no dia 30 de junho de 2006. Desse modo, o Conselho pediu demissão e foi formada uma Comissão Gestora.

Mais info

Comissão Gestora (2003)

Depois do pedido de demissão conjunto do Conselho de Administração presidido por Enric Reyna no dia 6 de maio, uma Comissão Gestora dirigida pelo presidente da Comissão Econômico-Estatutária assumiu o comando do clube. Toda a mudança foi feita de acordo com os estatutos do Barça.

Mais info

Enric Reyna i Martínez (2003)

Enric Reyna Martínez se tornou presidente do FC Barcelona no dia 12 de fevereiro de 2003 após Joan Gaspart anunciar publicamente a sua renúncia ao cargo.

Mais info

Joan Gaspart i Solves (2000-2003)

Joan Gaspart i Solves chegou à presidência do FC Barcelona no dia 23 de julho de 2000, numa eleição que contou com uma elevada participação dos sócios, com aproximadamente 45.888 votos. Gaspart recebeu 25.181 votos, um 54,87% do total.

Mais info

Josep Lluís Núñez (1978-2000)

Nascido em Barakaldo (Espanha), em 1931, Josep Lluís Núñez se elegeu presidente do FC Barcelona no dia 6 de maio de 1978, após vencer as eleições com uma vantagem muito apertada sobre os rivais.

More info

Raimon Carrasco i Azemar (1977-1978)

Foi um presidente ‘acidental’. Era filho do políticio democrata-cristão Manuel Carrasco i Formiguera, que foi assassinado pelas tropas de Franco durante a Guerra Civil Espanhola.

Mais info

Agustí Montal i Costa (1969-1977)

Agustí Montal i Costa nasceu em Barcelona, em 1934. Filho do ex-presidente Agustí Montal i Galobart, foi vice-presidente na gestão de Narcís de Carreras. Decidiu se apresentar às eleições após o pedido de demissão de Carreras.

Mais info

Narcís de Carreras (1968-1969)

Narcís de Carreras (La Bisbal d'Empordà, 1905 - Barcelona, 1991) chegou à presidência do FC Barcelona no dia 17 de janeiro de 1968, após liderar uma candidatura única.

Mais info

Enric Llaudet (1961-1968)

Enric Llaudet (Barcelona 1916 - 2003) se tornou presidente do Barça no dia 7 de junho de 1961, após vencer por somente 24 votos o seu rival nas eleições, Jaume Funset.

Mais info

Comissão de Gestão (1961)

Após a demissão do presidente Miró-Sans no dia 1 de março de 1961, uma comissão de gestão comandada por Antoni Julià de Capmany assumiu o controle da situação. Formada por vinte diretores, este governo interino dirigiu o clube em circunstâncias adversas, num período de muitas dificuldades, até que fossem realizadas as seguintes eleições.

Mais info

Francesc Miró-Sans (1953-1961)

Depois da demissão de Enric Martí foi convocada uma nova eleição por sufrágio universal, algo insólito até então e que só foi possível graças a um ‘vazio’ legal. Miró-Sans (Barcelona 1918-1989) acabou eleito com uma vitória sobre Amat Casajuana por apenas 311 votos de diferença e no dia 23 de setembro de 1953 assumiu a presidência do FC Barcelona.

Mais info

Enric Martí Carreto (1952-1953)

Enric Martí era o vice-presidente durante o mandato de Agustí Montal e se converteu no seu ‘ ‘braço-direito’, fato que lhe situava como o lógico sucessor de Montal. No dia 16 de julho de 1952, Enric Martí assumiu o cargo de presidente do FC Barcelona.

Mais info

Agustí Montal i Galobart (1946-1952)

Em novembro de 1945, Agustí Montal i Galobart (Barcelona, 1904-1964) apresentou uma moção pedindo que acabassem com os períodos provisórios vividos pela direção do clube nos últimos anos. Seu mandato teve início no dia 20 de setembro de 1946 e significou a decolagem definitiva do Barcelona rumo à grandeza.

Mais info

Josep Vendrell (1943-1946)

Foi o 26º presidente da história do FC Barcelona. Era um coronel do exército que tinha lutado ao lado de Franco na guerra e na época era o Delegado de Ordem Pública em La Coruña. Seu mandato teve início no dia 22 de setembro de 1943.

Mais info

Josep Antoni de Albert (1943)

Josep Antoni de Albert assumiu a presidência após a demissão irrevogável do Marquês da Mesa de Asta, em 20 de agosto de 1943.

Mais info

Josep Vidal-Ribas (1942)

Josep Vidal Ribas foi o presidente do FC Barcelona durante um curto período entre os dois mandatos do Marquês da Mesa de Asta.

Mais info

Enrique Piñeyro (Marquês de la Mesa de Asta) (1940-1942 / / 1942-1943)

Enrique Piñeyro y de Queralt (Barcelona, 1883-1960) era um aristocrata favorável ao regime franquista. Foi nomeado presidente do FC Barcelona pelas autoridades.

Mais info

Joan Soler (1939-1940)

Após o término da Guerra Civil espanhola, o regime de Franco ordenou a criação de uma comissão de gestão que seria responsável por dirigir o FC Barcelona. O doutor Joan Soler aceitou liderar essa comissão e no dia 6 de maio de 1939 assumiu a presidência.

Mais info

Francesc Xavier Casals (1937-1939)

Francesc Xavier Casals foi o presidente do Barça após encerrar o Comitê Gestor em novembro de 1937. Casals se manteve no cargo até a queda de Barcelona na Guerra Civil Espanhola, em 26 de janeiro de 1939. 

Mais info

Comissão de Gestão (1936-1937)

Após a morte de Josep Suñol foi criada uma comissão, chamada ‘Comitê dos Trabalhadores’, para dirigir o clube e evitar que ninguém se apoderasse do clube durante a Guerra Civil.

Mais info

Josep Suñol (1935-1936)

Josep Suñol entrou para a história do FC Barcelona como o ‘Presidente Mártir’, por culpa da sua trágica morte nos primeiros dias da Guerra Civil Espanhola. Ele foi fuzilado pelo exército de Franco no verão de 1936.

Mais info

Esteve Sala (1934-1935)

Esteve Sala se converteu no 20º presidente do FC Barcelona no dia 16 de julho de 1934, com a difícil tarefa de reverter a situação crítica que vivia o clube naquela época, com problemas financeiros e esportivo.

Mais info

Joan Coma (1931-1934)

Joan Coma (Barcelona, 1877-1959) foi o sucessor de Antoni Oliver. Assumiu o cargo de presidente do Barça no dia 20 de dezembro de 1931 e viveu um dos mandatos mais complicados da história do clube.

Mais info

Antoni Oliver (1931)

Antoni Oliver foi eleito presidente do FC Barcelona no dia 22 de outubro de 1931, depois de uma assembléia tumultuada que resultou no pedido de demissão de Gaspar Rosés.

Mais info

Tomàs Rosés (1929-1930)

Banqueiro de prestígio, Thomàs Rosés se converteu no 17º presidente da história do Barça no dia 23 de março de 1929. Acima de tudo, será sempre lembrado por ser o presidente do clube quando o Barcelona venceu a primeira edição da Liga Espanhola.

Mais info

Arcadi Balaguer (1925-1929)

Foi presidente do FC Barcelona de 17 de dezembro de 1925 até 23 de março de 1929. É lembrado pelo excelente trabalho de reorganização interna feito do clube e pelos diversos títulos conquistados pelo Barça durante o seu mandato.

Mais info

Enric Cardona (1923-1924)

O 15º presidente da história do FC Barcelona iniciou seu mandato no dia 29 de julho de 1923. Sucedeu o lendário Joan Gamper após o quarto período dele no comando do Barça.

Mais info

Ricard Graells (1919-1920)

Ricard Graells sucedeu Joan Gamper após o fundador do FC Barcelona abandonasse a presidência pela terceira vez, no dia 10 de junho de 1919.

Mais info

Gaspar Rosés (1916-1917 / / 1920-1921 / / 1930-1931)

Gaspar Rosés presidiu o FC Barcelona em três ocasiões distintas. Seu primeiro mandato teve início no dia 25 de junho de 1916, após a renúncia de Rafael Llopart ao cargo.

Mais info

Rafael Llopart (1915-1916)

Rafael Llopart foi eleito presidente do Barça numa assembléia realizada no dia 29 de junho de 1915 no campo da Rua Indústria. Sua chegada ao cargo resultou num período de paz e sensatez no clube. Renovou o Barça em diversos aspectos, tarefa que realizou com extrema eficiência.

Mais info

Joaquim Peris de Vargas (1914-1915)

O militar Joaquim Peris de Vargas foi um dos personagens mais polêmicos na história do clube. Sempre queria impôr suas idéias e numa ocasião chegou a dizer: “O Barcelona sou eu”.

Mais info

Àlvar Presta (1914)

Existia uma grande divisão interna após a renúncia de Francesc de Moxó. Muitos sócios queriam que o vice-presidente Joaquim Peris de Vargas assumisse o controle da clube, mas outros eram ferozmente contrários à idea. No meio desse turbilhão, Àlvar Presta foi eleito presidente do Barça numa assembleía realizada no dia 30 de junho de 1914.

Mais info

Francesc de Moxó (1913-1914)

Francesc de Moxó foi eleito presidente do FC Barcelona no dia 30 de junho de 1913, numa eleição realizada no Colégio Condal que contou com a participação de 700 pessoas. Na ocasião, Joan Gamper teve que abandonar o clube para resolver assuntos pessoais.

Mais info

Otto Gmelin (1909-1910)

Otto Gmelin se tornou presidente do FC Barcelona no dia 14 de outubro de 1909. Ele assumiu o cargo após o primeiro mandato presidencial de Joan Gamper, no qual salvou o clube da extinção.

Mais info

Hans Gamper (1908-1909 / / 1910-1913 / / 1917-1919 / / 1921-1923 / / 1924-1925)

O fundador do FC Barcelona, Joan Gamper, era o mais velho dos cinco irmãos de uma família suíça bem-sucedida. Desde sua juventude conciliou os estudos com a prática de diversas modalidades esportivas, as quais sempre praticou com êxito.

Mais info

Vicenç Reig (1908)

Vicenç Reig foi eleito no dia 11 de novembro de 1908. Protagonizou o mandato mais curto da história do clube, com somente 22 dias no cargo de presidente do FC Barcelona.

Mais info

Juli Marial (1906-1908)

Juli Marial - falecido em 1971 - assumiu a presidência do FC Barcelona no dia 16 de outubro de 1906. A exemplo do seu antecessor, Josep Soler, viveu momentos delicados tanto na área social como na esportiva durante o seu mandato.

Mais info

Josep Soler (1905-1906)

Foi presidente durante um período de decadência do Barça. Foi uma época marcada pela inatividade social da entidade e pelo drástico descenso no número de sócios do clube.

Mais info

Arthur Witty (1903-1905)

Arthur Witty (1878-1969), membro de uma importante família inglesa que residia em Barcelona, assumiu a presidência do clube no dia 17 de setembro de 1903, poucos anos após a sua fundação.

Mais info

Paul Haas (1902-1903)

Paul Haas foi o primeiro presidente do FC Barcelona que não tinha participado da sua fundação e que nunca tinha jogado pelo clube.

Mais info

Bartomeu Terrades (1901-1902)

Bartomeu Terrades foi um dos homens mais polifacéticos da história do FC Barcelona. Assumiu a presidência do clube no dia 25 de abril de 1901.

Mais info

Walter Wild (1899-1901)

O suíço Walter Wild tem a honra de ter sido o primeiro presidente da história do FC Barcelona. Foi um dos doze integrantes na reunião de fundação do clube, no dia 29 de novembro de 1899.

Mais info