Basquete, handebol, hóquei e futsal, os outros esportes profissionais FCB | Arquivo FCB

BASQUETE

A modalidade com mais peso e projeção esportiva e social do FC Barcelona é o basquete. Um esporte que ocupa o segundo lugar na preferência do torcedor do Barça, atrás apenas do futebol. 

A seção profissional do basquete foi fundada no dia 24 de agosto de 1926, mas somente se consolidou na Catalunha nos anos 30. Após a guerra civil, em 1940, o Barça jogou na Primeira Divisão utilizando uma nova quadra, situada ao lado do Gol Sul do estádio de Les Corts. A melhor época viria na segunda metade da década de 40, com o Barça como uma das principais equipes do basquete espanhol.

Mais tarde, após um período de crise na temporada 1958/59, o basquete do Barça ganhou a Liga Espanhola e a Copa do Generalíssimo (antiga Copa do Rei). A etapa posterior ficou marcada pela decadência. Nem a inauguração do Palau Blaugrana em 1971 melhorou a situação da equipe. O Barça só voltaria a ganhar uma Copa em 1978 e a Liga, em 1981. Nessa época, contava com grandes nomes como Juan Antonio San Epifanio ‘Epi’, Nacho Solozábal e Chico Sibilio.

O primeiro título europeu do FC Barcelona foi conquistado na temporada 1984/85, ao vencer o Zalgiris Kaunas na final da Recopa (77-73), título que voltaria a conquistar um ano depois, ao derrotar o Scavolini italiano (101-86).

No final do século XX, a geração de Andrés Jiménez, Audie Norris e Epi foi substituída pela de Carlos Navarro, Rodrigo de la Fuente, Roberto Dueñas e Pau Gasol. Ao longo de uma década, o basquete igualou o nível obtido nos anos 80 e conquistou quatro ligas, três Copas do Rei e uma Copa Korac.

O reconhecimento definitivo na Europa chegou na temporada 2002/03. Um Barça liderado por Dejan Bodiroga, Sarunas Jasikevicius e Navarro conquistou a sonhada Euroliga, derrotando o Benetton de Treviso em um Palau Sant Jordi completamente lotado.

Desde então, essa modalidade soube se manter na elite europeia do basquete. Na temporada 2009/10, viria o segundo título europeu, em Paris. Desta vez, com uma equipe formada por Juan Carlos Navarro, Ricky Rubio e Erazem Lorbek, entre outros.

HANDEBOL

A seção profissional de handebol do FC Barcelona foi fundada oficialmente no dia 23 de novembro de 1943. Entretanto, há registros de jogos amistosos disputados pelos Barça na década dos anos 30.

Originariamente, esse esporte era jogado nos campos de futebol e com 11 jogadores. Apenas na década de 50 começou a ser praticado da forma como conhecemos atualmente, com equipes formadas por sete atletas e partidas disputadas em quadras cobertas.

A boa fase do handebol FCB começou cedo. O Barça ganhou o Campeonato da Catalunha e da Espanha durantes três anos consecutivos, na metade dos anos 40. Essa façanha voltou a se repetir duas vezes, em 1949 e 1951. Na década dos anos 50, a equipe azul-grená ganhou outros quatro Campeonatos da Catalunha e um da Espanha.

Os primeiros êxitos na fase com sete jogadores e em quadra coberta só vieram no final dos anos 60. A inauguração do Palau Blaugrana, que ofereceu um espaço próprio e maior para as outras modalidades esportivas do Barça, serviu para consolidar o novo modelo.

A chegada de Valero Rivera a direção técnica da equipe em 1984 inicia um período excepcional, repleto de títulos. Durante duas décadas, o handebol do Barça conquista inúmeros títulos tanto na Espanha como na Europa e se consolida como o dominador do handebol espanhol. Vence cinco ligas consecutivas de 1987 a 1992 e outra cinco de 1995 a 2000. Além de ganhar nove Copas do Rei até o ano 2000.

A hegemonia imposta pelo FC Barcelona na Espanha se expandiu também pela Europa.  O Barça, liderado por Serrano e Sagalés, ganhou três Recopas consecutivas na metade dos anos 80. Além disso, conquistou a primeira Copa da Europa em 1991e duas Recopas seguidas na metade dos anos 90. Mais ainda faltava o melhor. De 1996 a 2000, a equipe de Valero Rivera conquistou cinco Copas da Europa consecutivas, um feito jamais igualado por nenhuma outra equipe.

O fim do conhecido ‘Dream Team’ chegou em 2004, com o adeus de Valero Rivera e de craques como Enric Masip, Xavier O’Callaghan, Iñaki Urdangarín o Rafal Guijosa. Apesar de tudo, os êxitos continuariam. A prova disso é a sétima Liga dos Campeões, conquistada em 2006. 

Em 2011, com Xavi Pascual como técnico, o clube catalão conquistaria sua oitava Liga dos Campeões. Depois disso, veio um período onde o clube catalão conquistou muitas ligas e estabeleceu um novo recorde de vitórias consecutivas. Na temporada 2014/15, a equipe de handebol do Barça conquistou todos os títulos possíveis, um feito conseguido apenas pelo mesmo Barça, na temporada 1999/00.

FUTEBOL DE SALÃO

A seção profissional de futebol de salão do FC Barcelona foi fundada oficialmente em setembro de 1978. Entretanto, dois anos antes já existia uma equipe que jogava vestida com as cores do Barça. Era um grupo de ex-jogadores profissionais de futebol que começaram a se reunir para disputar partidas de futebol de salão, por coincidência na mesma época que o esporte começou a ser disputado na Catalunha. O Barça participou do primeiro torneio oficial - o Troféu Navidad – e ganhou o título.

Desse modo, em setembro de 1978, o FC Barcelona oficializou o futsal e disputou a Terceira Divisão catalã. O sucesso foi imediato e após uma grande temporada, conseguiu subir de categoria. Com a mesma rapidez chegou na Primeira Divisão (na temporada 1979/80) e nas suas duas primeiras temporadas na elite ficou com o título.

Na temporada seguinte, a diretoria do Barça decidiu fechar as atividades dessa modalidade esportiva. Quatro anos depois, com a criação do atual sistema de competição, o clube voltou a abrir a seção do futsal. 

Após alguns anos difíceis na década dos anos 90, a equipe se consolidaria na Primeira Divisão na primeira década do século XX, quando essa modalidade foi profissionalizada e o melhor jogador da época, Javi Rodríguez, foi contratado. Mas foi preciso esperar até a temporada 2010/11 para ver a grande explosão da equipe. O Barça venceu as quatro competições que disputou: Liga Espanhola, Copa da Espanha, Copa do Rei e Copa Catalunha.

Esses seriam os primeiros títulos de uma época de hegemonia do FC Barcelona, na qual conquistaria três ligas, três Copas da Espanha e quatro Copas do Rei consecutivas. Além disso, venceu a sua primeira UEFA Futsal Cup, ao derrotar o Dínamo de Moscou na grande final disputada em Lleida (Catalunha), em 2012.

Em 2014, chegaria o segundo título da UEFA Futsal Cup. Desta vez, o time liderado por Fernandão, Wilde e Torres voltaria a vencer o Dínamo de Moscou (2-5) na final disputada em Bakú (Azerbaijão).

HÓQUEI SOBRE PATINS

A modalidade de hóquei sobre patins do FC Barcelona foi fundada oficialmente no dia 1 de junho de 1942 e desapareceu um ano depois por culpa dos problemas surgidos para conseguir uma quadra própria.

Entretanto, reapareceu em 1948, quando o clube alugou uma quadra na Gran Via, uma das avenidas mais tradicionais de Barcelona. Ao longo dos anos seguintes e até o início da década de 60, a equipe de hóquei sobre patins lutou para se manter entre os melhores da Catalunha. Em 1962, um corte de gastos nas seções por culpa de uma crise voltou a afetar o hóquei durante sete anos.

Mas em 1970, José LLorente (ex-jogador do clube), assumiu a direção técnica do FC Barcelona. Com ele ocorreu uma reformulação profunda no elenco que deu bons resultados antes do previsto. De 1972 até 1987, o hóquei sobre patins do Barça ganhou pelo menos um título por temporada, com exceção da campanha 1975/76.

Durante esse período também conquistou a primeira Copa da Europa (1973). Até 1985 voltou a ganhar mais nove títulos continentais. Mas a fase mágica acabou em 1987 devido em grande parte pela falta de substitutos a altura dos jogadores mais determinantes. No final da temporada 1987/88, Josep Llorente deixou a direção técnica da equipe com 39 títulos em 17 anos.

O Barça só voltaria a vencer outra Copa da Europa na temporada 1996/97. De lá para cá, o hóquei sobre patins do Barça sempre esteve entre os melhores do Velho Continente. Inclusive, atingiu a marca de 21 títulos da Copa da Europa em 2015